X

Polêmico, Stakhovsky critica mudanças na Davis e pede maior premiação em Slams

Segunda, 17 de julho 2017 às 13:52:37 BRT

Link Curto:

Tênis Profissional

O polêmico ucraniano Sergiy Stakhovsky concedeu uma entrevista ao site croata Sport Klub em que falou um pouco sobre mudanças que faria no tênis, voltou a criticar a premiação dada aos jogadores pelos torneios do Grand Slam e as mudanças na Copa Davis.



"Vivemos em um mundo complicado, onde te crucificam facilmente por dizer o que você pensa publicamente. É difícil. Existem jogadores que se preocupam com sua imagem, patrocinadores e coisas deste tipo. Eu apenas falo por mim e por isso é mais fácil falar o que penso", pontuou.

O ucraniano foi questionado sobre o que mudaria no tênis atual: "Em primeiro lugar, gostaria voltar a ver jogos em melhor de cinco sets nas finais dos Masters 1000. Depois, aumentaria a premiação em todos os torneios. Sei que isto é possível porque todos têm muito sucesso, sobretudo nos Grand Slams. Acredito que a primeira rodada de um Slam deveria distribuir 100 mil euros", respondeu.

"Se queremos que este esporte siga vívido, para competir contra o futebol, o basquete e outros esportes, temos que atrair os jovens. Mas quando eles olham para os jogadores de futebol, a quem se paga milhões, inclusive para aqueles que estão no banco, e aí um tenista ganha apenas quando está dentro do top 100, é lógico que vão escolher o futebol.Se os Grand Slams não fazem os jogadores mais ricos, teremos problemas", pontuou.

Stakhovsky também foi perguntado sobre a mudança na Copa Davis que terá final em 'campo neutro'. "É uma catástrofe. Pelo que me lembro, todos os membros miembros do Conselho dos jogadores se uniram em uma opinião de que essa não era uam boa ideia. Jogar uma final em sede neutra é um desastre completo", opinou.

Ao ser perguntado sobre o que fará assim que se aposentar do tênis, o tenista não titubeou: 'Com certeza me meterei na política".