X

Federer destaca chance de alcançar Lendl e celebra nova geração

Sábado, 12 de agosto 2017 às 21:01:50 BRT

Link Curto: http://bit.ly/2vPMt6g

Tênis Profissional

Número três do mundo. Roger Federer tentará neste domingo, às 17h, seu 94º título na carreira o que igualaria o segundo maior recorde de títulos da história de Ivan Lendl.



 

Leia Mais:

Federer joga sua 45ª final de Masters e iguala Nadal

Federer volta à final em Montreal após 10 anos

 

Ele destacou a possibilidade e o número 1 que estará por um melhor resultado que Nadal em Cincinnati caso vença a final em Montreal: "Estou alcançando níveis que nunca pensava que seria capaz, ganhando tantos títulos. Cada título é uma vibração e jogo pelos títulos, eu sempre disse que o ranking, se você não é o número 1, não conta muito. É secundário. Agora estou com sorte pois os dois estão em vista, disse: "Lendl é uma lenda do tênis, atingiu incríveis recordes, extremamente consistente,ganhou tantos títulos. É fantástico e legal poder alcançar seu nível".

Federer comentou estar jogando melhor e melhor no torneio canadense que nunca conquistou, só fez uma final em 2007: “Estou feliz, mais feliz por estar saudável indo para esta final. Não gastei muita energia, consegui manter os pontos curtos, fui bem na rede. Minha concentração e meu jogo estão melhorando, estou jogando melhor".

Seu rival será um nome da jovem geração, ou o alemão Alexander Zverev, oitavo e pelo qual tem uma derrota no circuito, ou o canadense Denis Shapovalov, 143º e de 18 anos, mais jovem na semi de um Masters.


“Ter um jogador de 18 ou 20 anos na final de um Masters 1000 nãotem sido muito comum, muito raro, exceto quando o Andy, Novak ou Rafa estavam vindo. Foram grandes adolescentes. Nem eu atingia finais com essa idade. É empolgante pro tênis, é o maior momento que temos no circuito da ATP, uma grande oportunidade pra esses jovens".