X

Para Becker, Murray e Djokovic devem reduzir calendários

Domingo, 10 de setembro 2017 às 17:51:40 BRT

Link Curto:

Tênis Profissional

Boris Becker, ex-número 1 do mundo, opinou sobre a atual fase de Andy Murray detalhando que o escocês, que enfrenta problemas no quadril, deverá fazer um calendário similar a Roger Federer, mais reduzido. Para ele Novak Djokovic deverá seguir o mesmo caminho.



“O que está claro é que tem 30 anos e já não pode esperar render ou competir como quando tinha 20 anos. Ele tem um corpo desgastado. Com a idade, cada um sabe melhor do que necessita, quantas partidas pode jogar, quantas sessões de treinamento precisa e qual é o ritmo de jogo mais adequado. Isso é o mais importante”, disse Becker em entrevista a BBC.
Becker recorre à exemplos de jogadores que estão sempre competindo por grandes títulos contra Andy, como é o caso de Nadal e Federer, ambos passando por lesões e estando há muitos anos no nível mais alto. Segundo o germânico, a seleção de torneios é um fator fundamental para prevenir lesões e estender suas carreiras.

"Federer é o líder nisso, reduzindo seu calendário. Nadal jogou menos ano passado, Novak teve uma lesão no cotovelo e estou seguro que reduzirá sua quota para 2018. Para eles se trata de ganhar os Slams e Masters 1000, ter um ranking bom. Como jogador de tênis deve-se fazer o máximo para prolongar as carreiras".