X

Perfil Marcos Daniel

Quinta, 14 de dezembro 2006 às 18:00:00 BRST

Link Curto: http://bit.ly/1fKezEc

Marcos Daniel - RG 09
Data Nascimento: 04/07/1978
Local Nascimento: Passo Fundo, Brasil
Onde Mora: Passo Fundo, Brasil
Altura: 1,80 m
Peso: 79 kg
Empunhadura: Destro
Profissional desde: 1997
Melhor ranking: 56º (14/09/2009)
Melhor ranking de duplas: 102º (05/12/2005)

Carreira:

Desempenho Nível ATP: 24 vitórias, 66 derrotas
Títulos Simples: -
Títulos Duplas: -
Premiação Total: $1,177,189

Temporada 2011:

5 jogos - 0 vitórias, 5 derrotas

Títulos (0): -
Finais (0): -
Semis (0): -


Temporada 2010:

57 jogos - 35 vitórias, 22 derrotas

Campeão: CH Blumenau (BRA), CH de São Paulo (BRA), CH de Medellin; Final: CH de Braunschweig (ALE) Semi: CH Curitiba (BRA), CH Zagreb (CRO), CH Bogotá (COL);

Resultados Daniel em 2010

Temporada 2009:

52 jogos - 32 vitórias, 20 derrotas

Campeão: Zagreb, Marrakech, Bogotá; Semi: ATP 250 Gstaad; Quartas-de-final: ATP 250 Belgrado, Napoli

Resultados Daniel em 2009

Temporada 2008:

Simples

58 jogos - 35 vitórias / 23 derrotas
Títulos: Bogotá, Cali e Bogotá
Finais: Napoli
Semis: São Paulo
Quartas: Houston, Furth e Bogotá

Temporada 2007:

58 jogos – 38 vitórias / 20 derrotas
Títulos: 1 (Bogotá)
Final: 3 (Salinas, Lima e Buenos Aires) Semifinais: 2 (La Serena, Guayaquil) Quartas de final: 3 (Santiago, Bogotá e Brauschweig)

Resultados Daniel em 2007

Marcos Daniel tem 29 anos e joga profissionalmente desde 1997. Ele é gaúcho de Passo Fundo e começou a jogar tênis com 5 anos de idade. Aos 12, resolveu levar o esporte mais a sério e, como conseqüência, se tornou jogador profissional.

A carreira de Marcos Daniel é marcada por problemas financeiros, que quase fizeram dele um ex-jogador. Em um dos episódios em que buscou um dinheiro a mais, causou polêmica, ao defender o Brasil no confronto da Copa Davis diante do Paraguai, enquanto os outros principais tenistas do país realizavam um boicote em protesto à gestão de Nélson Nastás à frente da Confederação Brasileira de Tênis.

Daniel marcou seu primeiro ponto no ranking mundial em 1995, mas só jogou uma partida de nível ATP em 2002, em Viña Del Mar. Sua melhor campanha ocorreu em Acapulco, neste ano, quando chegou às quartas de final.

Recentemente o gaúcho ganhou duas boas notícias. A primeira foi o nascimento de seu filho David, o primeiro junto com sua esposa Gisela. A segunda um patrocínio capaz de pagar suas despesas de viagem. Com dinheiro no bolso e traquilidade os resultados começaram a aparecer. Daniel obteve sua primeira vitória de Grand Slam em Roland Garros nesse mês e já está entre os 75 melhores do mundo, titular do time brasileiro na Davis e no melhor momento de sua carreira.