X

Nº 1 do mundo, brasileira busca o 10º título no Seniors em Porto Alegre

Sexta, 01 de dezembro 2017 às 19:02:18 BRST

Link Curto: http://bit.ly/2Az1QCh

Tênis Profissional

Número 1 do mundo na categoria 50 anos do feminino, a paulista Simone Vasconcellos comemorou nesta sexta-feira seu aniversário de 54 anos com uma vaga na decisão do 32º Banco Agiplan Seniors Internacional de Tênis de Porto Alegre – Copa Yone Borba Dias na Associação Leopoldina Juvenil.



O evento é o de maior pontuação (Graduação A) para o ranking mundial da Federação Internacional de Tênis realizado na Associação Leopoldina Juvenil, na capital gaúcha. São 260 atletas de 17 países com dois número 1 do mundo e 21 entre os dez melhores nas respectivas categorias.

Vasconcellos aplicou um duplo 6/0 sobre a brasileira Jaquelina Kompinsky e vai buscar o troféu neste sábado contra a peruana Tita Zea que passou pela a brasileira Lilia Brito por um duplo 6/1. A brasileira vai buscar manter o retrospecto positivo contra a sul-americana a qual derrotou nos três jogos que realizou em 2010, 2015 e o último no meio deste ano em Lima, no Peru.

Simone é uma colecionadora de conquistas em Porto Alegre e vai buscar o decampeonato no torneio que faturou em 2016, 2015, 2014, 2013, 2010, 2009, 2006, 2005 e 2004 somente em simples.

Na categoria 70 anos do masculino, o boliviano Ramiro Benavides, segundo do mundo, vencia o austríaco Johannes Muhelenburg por 6/0 1/0 quando o adversário sentiu problemas físicos e abandonou. Benavides joga neste sábado pelo troféu diante do brasileiro Hayrton Ferreira, 16º do ranking, que passou por José Ribeiro com um duplo 6/2. Benavides é o segundo mais velho a ter disputado a Copa Davis com 56 anos de idade em 2003 e já jogou a maior competição por equipes contra o Brasil na Leopoldina Juvenil.

O sábado é dia de final nos 75 anos do masculino entre o alemão Klaus Klein e o italiano Giuseppe Vento. Klein, quinto do mundo, suou para bater na semifinal o brasileiro Tibiriça Linhares com parciais de 6/3 4/6 6/2 enquanto que Vento derrotou Arnoni Schmidt com jogo apertado por 6/3 4/6 6/4.

Nos 55 anos feminino a austríaca Shirley Friedl e a brasileira Vera Aragão disputam o troféu. Nos 70 anos a alemã Alena Klein e a brasileira Sandra Linbman disputam o caneco.

No masculino 60 anos, o colombiano-brasileiro Javier Restrepo, natural de Medellin, mas que mora no Rio de Janeiro há 30 anos, passou sobre Márcio Martins por 6/2 6/1 e enfrenta o segundo favorito, Eduardo Izoldi. A outra semifinal será jogada entre Amadeu Façanha , principal cabeça de chave, e o vencedor do jogo entre Roberto Calvet e Sérgio Hansen.

Restrepo, membro da Copa Davis da Colômbia por dez anos, derrotou Mats Wilander em Roland Garros em 1981 e previu que o sueco se tornaria campeão no ano seguinte. Foi chamado de bruxo por Wilander que posteriormente alcançaria o número 1 do mundo no profissional.

Semifinais definidas também nos 65 anos. Número dois do mundo, o francês Bruno Renoult passou pelo brasileiro Luiz Rolla por 6/1 6/0 e vai enfrentar o neozelandês Quentin Maisey, quarto cabeça de chave, que derrotou o brasileiro Sergio Malinosky por 6/4 6/2. Renoult, campeão em 2012 em Porto Alegre, somou sua 40ª vitória em 42 partidas na temporada onde foi vice-ampeão do Mundial realizado em Lake Nona, nos EUA. Atual vice-campeão na capital gaúcha, o também francês Alain Vaysset está a um passo de mais uma final. Ele passou pelo brasileiro Mário Larangeira por um duplo 6/1 e encara o único brasileiro na semifinal, Galba Couto.

Outra final definida é nos 65 anos feminino entre as brasileiras Regina Fontanelli e Vera Klingensteiner que derrotou a francesa Annick Bascou por 6/1 6/3.

Revelador de Arthur Ashe e Nick Bolletieri leva título nos 85 anos. Primeiro vencedores definidos

A sexta-feira definiu também os primeiros campeões. Nos 85 anos o americano John Powless levou o troféu somandotrês vitórias. Ele bateu Benedicto Menezes por um duplo 6/1, Nilo Moreira por 6/0 6/1 e ganhou de WO diante de Domingos Lettieri. Powless joga as duplas na categoria 75 anos ao lado de Tibiriça Linhares.

Powless revelou a lenda americana Arthur Ashe, campeão de três Grand Slams e ícone humanitário do esporte que dá nome à maior quadra do mundo no US Open. Ele também deu o primeiro emprego a Nick Bolletieri que hoje tem a maior academia do mundo em Bradenton, na Flórida, tendo formado Maria Sharapova, Andre Agassi, entre outros.

No feminino nos 75 anos troféu para Christa Couto. A número três do mundo venceu suas três partidas derrotando Elfrieda Zarling por 6/0 6/1, um duplo 6/0 sobre Tamiko Castro e 6/0 6/2 sobre Paulina Alves. Ela se tornará a número dois do mundo na próxima atualização do ranking.

A rodada de sábado começa a partir das 9h e o evento acaba no domingo com entrada gratuita ao público.

Resultados de momento desta Sexta-Feira (01/12):

85M - Nilo Moreira (BRA) 6/1 6/0 Benedict Menezes (BRA)

80F - (2) Teresinha Acioly (BRA) 6/4 2/0 desistência (1) Maria Helena Barbosa (BRA)

75M - (1) Klaus Klein (ALE) Tibiriça Linhares (BRA) 6/3 4/6 6/2

75M - (5) Giuseppe Vento (ITA) 6/3 4/6 6/4 Arnoni Schmidt (BRA)

75F - (1) Christa Coelho (BRA) 6/0 6/0 Tamiko Castro (BRA)

75F - Paulina Alves (BRA) 6/1 6/2 (2) Elfrieda Zarling (BRA)

70M - (1) Ramiro Benavides (BOL) 6/0 1/0 desistência Johannes Muehlenburg (AUT)

70M - (2) Hayrton Ferreira (BRA) 6/2 6/2 (4) José Ribeiro (BRA)

70F - (2) Sandra Libman (BRA) 6/1 6/3 Ilza Rocha (BRA)

65M - (1) Bruno Renoult (FRA) 6/1 6/0 (6) Luiz Rolla (BRA)

65M - (2) Alain Vaysset (FRA) 6/1 6/1 (7) Mário Larangeira (BRA)

65M - Galba Couto (BRA) 6/0 6/3 Roberto Franceschini (BRA)

65M - (4) Quentin Maysey (NZL) 6/4 6/2 (5) Sergio Malinosky (BRA)

65F - (4) Regina Fontanelli (BRA) 6/1 6/2 Juliana Machado (BRA)

65F - (3) Vera Klingensteiner (BRA) 6/1 6/3 (2) Annick Bascou (FRA)

60M - (4) Javier Restrepo (BRA) 6/2 6/1 Marcio Martins (BRA)

60M - (2) Eduardo Izoldi (BRA) 6/4 6/3 Mauricio Castano (BRA)

60M - (3) Roberto Calvet (BRA) 6/2 6/1 Sergio Hansen (BRA)

60F - (1) Rosangela Fritelli (BRA) 6/1 6/4 Cláudia Hoefel (BRA)

60F - (2) Doris Mattar (BRA) 6/0 6/0 Ingrid Treteski (BRA)

55M - (1) Ricardo Tomb (BRA) 7/6 (2) 7/6 (7) (5) Philipp Seeman (NZL)

55M - André Bohrer (BRA) 6/2 6/1 (6) Silvio Oliveira (BRA)

55F - (1) Venus Aragão (BRA) 6/4 6/2 Cristina Almeida (BRA)

50M - (5) Hildebrando Filho (BRA) venceu por WO (4) Luis Gambali (BRA)

50F - (1) Simone Vasconcellos (BRA) 6/0 6/0 (4) Jaqueline Kompinski (BRA)

50F - (2) Tita Zea (PER) 6/1 6/1 (3) Lilia Brito (BRA)

45F - Márcia Pelanda (BRA) 6/2 6/2 (2) Idenir Medeiros (BRA)

45F - Carla Rodriguez (PER) 6/0 6/0 Ana Flavia Peixoto (BRA)

35F - (1) Silvina Delgado (ARG) 6/0 6/1 (2) Paula Camara (BRA)

35F - Elen Costa (BRA) 2/6 6/2 6/0 Maria Mentz (BRA)

Mais resultados, chaves e programação no site - http://seniorsbrasil.com.br/ etapa2017/portoalegre/

O 32º Banco Agiplan Seniors Internacional de Tênis de Porto Alegre tem o patrocínio do Banco Agiplan e o co-patrocínio da Nex Group - A certeza do melhor negócio. O evento tem o apoio da NET Claro e Master Hotéis.  A organização é da PROTENIS PROMOÇÕES ESPORTIVAS e o evento tem a chancela da Federação Internacional de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis, Federação Gaúcha de Tênis e é realizado na Associação Leopoldina Juvenil.